Nota oficial

O Diversidade Tucana repudia a campanha difamatória contra o nosso presidente municipal de São Paulo, Ivan Batista, que lamentavelmente vem sendo articulada por pessoas com um apego doentio por cargos que deveriam servir à população e não ao ego de seus ocupantes.

Para essa campanha, instrumentalizam organizações da sociedade civil, mobilizam a imprensa e chegam ao absurdo de fazer ilações sobre o prefeito Bruno Covas, única pessoa em todo esse episódio que recebeu das urnas a legitimidade para nomear e exonerar ocupantes de cargos comissionados no governo municipal, além de ter longo histórico de atuação em favor da cidadania LGBTI.

Ivan Batista foi escolhido coordenador de Políticas para LGBTI pela competência e comprometimento demonstrados nos 8 anos que passou na mesma coordenação em gestões anteriores. E continua no cargo por fazer um trabalho de resultados reconhecidos por gestores e movimentos sociais do país todo.

O Diversidade Tucana mantém e manterá seu apoio ao coordenador Ivan Batista e ao prefeito Bruno Covas, por seu compromisso com a população LGBTI mais vulnerável, não a cargos, poder e verbas.

Comentários

Mais lidas