São Paulo terá a 1ª Caminhada da AIDS

Inspirado nas caminhadas AIDS Walk, que acontecem nos EUA, onde não somente a comunidade LGBT abraça o evento, mas toda a sociedade, a Caminhada da AIDS ganha as ruas de São Paulo no próximo domingo, dia 3, com ações de sensibilização, atividades físicas e show de encerramento com a presença de artistas.

Iniciativa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo por meio da Coordenação de Políticas para LGBT, o evento busca promover a discussão na sociedade sobre o tratamento do HIV e formas de prevenção.
De acordo com Ivan Batista, Coordenador de Políticas para LGBT e Presidente Municipal do Diversidade Tucana, a ação pretende impactar as pessoas independente do gênero, orientação sexual ou classe social, proporcionando a oportunidade de abrir os olhos para a vida e suas maravilhas. “Ter HIV não é o fim da jornada, mas sim, o começo de um novo caminho com maiores responsabilidades”, afirma Batista.
Em maio, Ivan esteve em Nova Iorque para conhecer a AIDS Walk e também se visitou o escritório da UNAIDS para discutir a temática que foi unanimidade quanto a possibilidade de apoio para a realização da versão brasileira do evento.
Além da Caminhada da AIDS está previsto um calendário anual de ações e atividades em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde e Organizações Não Governamentais que tragam o debate e o enfrentamento ao HIV não
somente nos Centros de Cidadania LGBT, mas também em outros ambientes.
“Ter ações ao longo do ano de forma estratégica impactará diretamente na qualidade de vida das pessoas com HIV, contribuindo na luta para redução de danos e mortalidade.”, informa a Coordenação
Com essas ações de forma permanente na cidade, a Coordenação de Políticas para LGBT acredita que será uma grande contribuição para que atinja a meta estabelecida pela UNAIDS de 90% diagnosticados, 90% em tratamento e 90% com supressão viral.
É causa para todos abraçarem…caminhando.

Comentários

Postagens mais visitadas