Prefeito de Teresina discute com líder do PSDB sobre assistência aos LGBTs

O prefeito Firmino Filho recebeu, nesta última sexta-feira (13/01), o presidente nacional do Secretariado Diversidade Tucana, Marcos Fernandes, que apresentou ao chefe do Executivo municipal uma carta com compromissos para com a população LGBT. O documento está sendo levado a todos os prefeitos eleitos pela sigla numa ação de fortalecimento das políticas públicas voltadas para essa população.
Entre os pontos apresentados estão a promoção de ações que fortaleçam o protagonismo das lideranças LGBT; destinação de orçamento nos Planos Plurianuais e LOA, assegurando recursos para a defesa de uma política pública; assegurar o pleno funcionamento do Conselho de Promoção e Defesa dos Direitos da População LGBT; e a manutenção do diálogo amplo e parcerias com as entidades.
"É a terceira vez que estamos aqui em Teresina para reafirmarmos nosso compromisso com o prefeito Firmino Filho e percebemos que a cidade tem avançado nessa questão", avalia Marcos Fernandes.
Durante o encontro, o vice presidente nacional da Diversidade Tucana, André Mattos, informou sobre a atuação do Conselho Municipal dos Direitos de LGBT e fez um panorama geral do que é desenvolvido na cidade, principalmente em ações assistenciais.

O prefeito Firmino Filho ressaltou a importância da construção de uma política pública que atenda às necessidades da população LGBT. "Tivemos um salto com o Plano Municipal de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, que instituímos no final do ano. Nossa assistência social foca nessas ações e temos o desafio de garantir acesso da população LGBT de forma igual e respeitosa em todos os ambientes públicos, além da garantia de direitos e equidade. Entre tantas propostas, a questão do atendimento a essa população com a garantia do direito do uso do nome social, para aqueles que assim desejarem", diz Firmino.
O plano conta com ações em diversas áreas de governo e foi desenvolvido em uma articulação entre o Conselho Municipal dos Direitos de LGBT de Teresina e uma comissão com representantes de diversas secretarias municipais, sob a coordenação da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social.




Fonte: 180graus.com

Comentários

Postagens mais visitadas