segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Processo Seletivo Para Um Novo Elenco

O mercado de trabalho nas artes cênicas tem se expandido nos últimos tempos. Consciente do seu papel social e modificador, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, Instituição do Governo do Estado de São Paulo ligada à Secretaria da Cultura, abrirá inscrições para oito Cursos Regulares gratuitos, voltados para as mais diversas áreas das artes cênicas, na segunda-feira, 10 de outubro.

Não é só no palco que os aprendizes da SP Escola de Teatro podem atuar. Com a crescente demanda por profissionais especializados nestas áreas, artistas formados pela Instituição podem trabalhar em diferentes manifestações de arte e entretenimento como televisão, cinema, publicidade, rádio e internet, entre outras. Para se inscrever, basta ter 18 anos ou mais e possuir Ensino Médio completo. O Edital está disponível no site do Instituto Mais:

Os Cursos

Atuação

Para transformar aprendizes em atores presentes não só no palco, mas em todo o processo criativo da montagem de uma peça, coordenadores, formadores e artistas convidados trazem toda sua experiência para a sala de aula e ensinam, além de técnicas avançadas de interpretação, voz, corpo e improvisação, as diferentes maneiras de criar uma personagem, além de explicar como analisar, de forma crítica, os textos de teatro.

Cenografia e Figurino

Madeira, tecido, ferramenta, transpiração e criatividade compõem o universo deste curso que, ao lado do de Técnicas de Palco, tem um ateliê especialmente dedicado a ele. E é neste contexto que o aprendiz assimila e coloca em prática os modos de se criar cenários, adereços e indumentárias teatrais. Antes do término do curso, a Escola ainda articula estágios em teatros, centros culturais, produtoras de TV e agências.

Direção

No decorrer do curso de Direção, coordenadores, formadores e artistas convidados conduzem os aprendizes a uma visão crítica e ampla sobre a sociedade e o fazer teatral. Além disso, atividades práticas e de formação teórica colocam em pauta as possibilidades de linguagens e suportes diversos, como intervenções urbanas, formas animadas, palco italiano e teatro de rua.

Dramaturgia

Ao equilibrar teoria, técnica e prática, os coordenadores, formadores e artistas convidados do curso de Dramaturgia ensinam conteúdos que compõem a base de criação de textos para teatro, televisão, publicidade, cinema, rádio e internet. Propondo, também, o desenvolvimento do aprendiz em inúmeros modos de produção textual, como a criação coletiva e os processos colaborativos.

Humor

Composto por profissionais vindos das mais diversas vertentes do humor, o corpo docente deste curso pretende formar humoristas e comediantes não só para atuação cênica como para a criação de personagens cômicos com dramaturgia própria. Além disso, guia o aprendiz em busca da contextualização de sua obra e da compreensão da dimensão histórica e função social do riso.

Iluminação

Formar profissionais com conhecimento mais abrangente, que vão além das especificidades da área, é o objetivo do curso de Iluminação. Assim, unindo a tecnologia e o artesanal, coordenadores, formadores e artistas convidados ressaltam a criatividade dos aprendizes para serem criadores autônomos, investigativos, críticos e que entendam o significado do trabalho em equipe.

Sonoplastia

Por meio de conhecimentos que estimulem a comunicação pelo som, coordenadores, formadores e artistas convidados pretendem formar profissionais com uma visão ampla sobre as relações possíveis entre o discurso musical e sonoro e os elementos que compõem uma encenação. Assim, por meio de aulas práticas e teóricas, ensinam temas como dramaturgia sonora, teoria e repertório musicais, composição, e as tecnologias que envolvem a produção, o registro e a manipulação de som e música.

Técnicas de Palco

Os coordenadores, formadores e artistas convidados do curso de Técnicas de Palco ensinam os aprendizes a atuar nos bastidores de um espetáculo, de construir e movimentar cenários a cuidar dos adereços e dos objetos de cena, assim como realizar efeitos, auxiliar atores e até costurar e pintar, formando cenotécnicos, aderecistas, maquinistas e diretores de cena (antigos contrarregras).

Plano Social e de Ensino

Localizada em São Paulo, a SP Escola de Teatro se propõe a novos desafios para o ensino das artes cênicas no Brasil e recebe aprendizes dos mais diversos estados do País. Iniciativa inédita do Governo do Estado de São Paulo, que investe recursos e fomentam o pensamento e as ações de diretores e coordenadores da Instituição, a Escola une o trabalho de diversos profissionais advindos de espaços culturais e importantes grupos da cena atual.

A ideia é criar um ambiente favorável para que o corpo docente e os aprendizes possam destacar suas sensibilidades e potencialidades artísticas, críticas e, sobretudo, humanas e cidadãs, em um cenário onde “artistas formam artistas”. Assim, o sistema pedagógico da SP Escola de Teatro estimula o formador a pisar no terreno do conhecimento sempre ao lado do aprendiz, gerando uma trajetória de ensino em uma via de mão dupla. Além disso, no plano social, oferece, por meio do Programa Kairós, uma Bolsa-Oportunidade no valor de R$ 545,00 mensais para metade dos aprendizes matriculados nos Cursos Regulares e com situação socioeconômica desfavorecida.

Este auxílio é oferecido durante todos os Módulos dos Cursos Regulares. Para “agarrar” essa oportunidade, os aprendizes devem ficar atentos ao Portal da SP Escola de Teatro, no qual são publicadas todas as informações referentes à Bolsa-Oportunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário