Diversidade Tucana atuará contra o projeto do Dia do Orgulho Hetero

O Diversidade Tucana repudia a aprovação, na Câmara Municipal de São Paulo, de projeto de lei que visa criar o Dia do Orgulho Heterossexual na cidade. Este projeto é uma forma vil de satirizar a luta por visibilidade e cidadania de segmentos da nossa sociedade contra a discriminação que sofrem. Em especial, os LGBTs.

É necessário esclarecer que este projeto foi aprovado em um pacote de cerca de duzentos, em um acordo de líderes, de forma que todos os partidos ratificaram a aprovação desses projetos em bloco. Infelizmente, nenhum parlamentar, de nenhum partido, votou contra ou pediu votação nominal. Ocorreram, tão somente, algumas manifestações contrárias.

Qualquer tentativa de responsabilizar um ou outro partido pela aprovação desse projeto será, além de uma forma de desonestidade intelectual, infrutífera para o propósito que neste momento deve unir a todos e todas que lutam contra a homofobia e em favor da cidadania de LGBTs.

Dessa forma, o Diversidade Tucana solicita ao prefeito Gilberto Kassab que vete esse projeto, e compromete-se, como instância partidária, caso isso aconteça, a atuar para que os vereadores do PSDB votem a favor do veto quando o projeto retornar à Câmara.

Conclamamos os núcleos LGBTs de todos os partidos a fazerem o mesmo com seus vereadores.

Comentários

Postagens mais visitadas