Pai e filho abraçados são confundidos com casal gay e agredidos violentamente

Com parte da orelha decepada por conta de um gratuito ataque homofóbico ocorrido na madrugada da última sexta-feira em São João da Boa Vista(SP) , um homem de 42 anos está traumatizado. Ele e seu filho andavam abraçados pela Exposição Agropecuária Industrial e Comercial (EAPIC), em São João da Boa Vista, quando um grupo os confundiu com um casal gay e partiu para cima dos dois com socos e agressões verbais.

 Segundo conta o pai, que não se identificou, um grupo de sete jovens aproximou-se dos dois e perguntou se eles eram gays. O homem explicou que eram pai e filho, mas os rapazes não acreditaram e houve um princípio de tumulto. A briga foi apartada e o grupo de jovens foi embora. Mas eles voltaram cinco minutos depois e começaram a agredir os dois.

Um dos agressores mordeu a orelha do pai, decepando-a. “Na hora que eu acordei as pessoas diziam que eu estava sem a orelha”, contou. O filho, um adolescente, teve agressões mais leves. O delegado do 1º Distrito da Polícia Civil de São João Boa Vista, Fernando Zucarelli, disse que vai investigar quem foram os jovens agressores.

Comentários

Postagens mais visitadas