Videoconferências capacitam servidores do Estado sobre a temática da Diversidade Sexual

A Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, em parceria com a Fundação do Desenvolvimento Administrativo, da Secretaria da Gestão, promoveu nos dias 02, 07 e 09 de dezembro, uma série de videoconferências com temas ligados à Diversidade Sexual e promoção dos direitos da população LGBT.

Conceitos de orientação sexual e identidade de gênero, homofobia, sexualidades, saúde, legislação, intolerância e educação foram alguns dos assuntos tratados por jornalistas, escritores, pedagogos, médicos e advogados. Ao todo, houve cerca de 750 acessos de pessoas que, durante o debate, interagiram narrando suas experiências e esclarecendo dúvidas sobre como promover o respeito à diversidade sexual e à cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Na última videoconferência, por exemplo, em que foram discutidos os temas educação, cidadania e homofobia, uma das debatedoras, a pedagoga Janaina Lima, falou das dificuldades de garantir sua formação profissional e da resistência dos pais de alunos em aceitar uma educadora travesti.

“Estamos satisfeitos com os debates e, mais ainda, com a participação das pessoas durante as videoconferências”, comemorou Dimitri Sales, Coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual do Estado de São Paulo. Em sua opinião, “estão sendo cumpridas algumas das mais importantes metas previstas no Plano Estadual. Estamos ampliando, por meios de iniciativas vitoriosas como essa, a nossa força mobilizadora para promoção dos nossos direitos junto aos servidores públicos e revelando cada vez mais o compromisso do Governo do Estado com a promoção da cidadania da população LGBT”.

A videoconferência é parte integrante do projeto “A Conquista da Cidadania LGBT: a Política da Diversidade Sexual em São Paulo”. Com o amplo acesso por meio da internet, foi possível cumprir o objetivo de capacitar, em especial, os servidores públicos do Estado de São Paulo, conforme determina o Plano Estadual de Enfrentamento à Homofobia e Promoção da Cidadania LGBT, que define ações e metas a serem desenvolvidas por 11 Secretarias do Governo Paulista no biênio 2010-2011.

Com as videoconferências, a Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual produzirá um vídeo que será distribuído gratuitamente para órgãos públicos e entidades da sociedade civil. Também, estarão disponíveis para acesso e download no site do órgão, a ser lançado em breve. A intenção é ampliar o acesso de servidores públicos estaduais e sociedade em geral aos debates promovidos, bem como oferecer um importante instrumento para novas capacitações.

Comentários

Postagens mais visitadas