sábado, 9 de outubro de 2010

Dilma Rousseff e a Questão do Aborto

A cada dia que passa, nos convencemos mais que a candidata a sucessão ao poder, Dilma Rousseff, é uma experiência mal sucedida. Quem é Dilma? De onde ela veio? Como foi parar na Casa Civil? Como foi escolhida para a sucessão do poder? São perguntas recorrentes que não querem calar.

Acontecimentos recentes servem para mostrar ao Brasil quem é Dilma Rousseff: uma candidata comprometida apenas com a sucessão do poder e que está pouco se lixando com a opinião pública e mostra sua tentativa de chegar ao poder pelo atalho mais rápido: a manipulação em massa.

Em entrevista dada a Revista Isto é, a candidata do governo se declara a favor do aborto, defende a criação de um serviço de atendimento público para todas a mulheres interessadas em realizar o procedimento e completa dizendo que o aborto não é uma questão de foro íntimo e sim de saúde pública. Em declarações recentes, a candidata muda sua posição e se declara contra o aborto.


Agora pergunto novamente: Quem é Dilma Rousseff? É esse tipo de presidente que devemos colocar no poder? Que não tem compromisso algum com a ética e verdade. Vamos refletir e agir com coerência no dia 03 de outubro e colocar no poder quem tem compromisso com ética e com a verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário