sábado, 11 de setembro de 2010

Carta ao Cidadão

Por Almino Afonso

Os últimos acontecimentos nos levam a reviver preocupações que parecem esquecidas, como o processo de redemocratização de nosso país.

A falta de privacidade, como no caso da violação do Imposto de Renda de pessoas ligadas ao PSDB e da filha de José Serra, candidato à Presidente da República e oponente da candidata do Presidente Lula, compromete o “Estado de Direito” consagrado na nossa Constituição.

A pergunta que se impõe é esta: a quem isso serve?

Nós precisamos confiar na justiça para que coisas dessa natureza não se apaguem na impunidade.

José Serra tem história, tem uma trajetória política transparente e sem mácula. Já exerceu diversos cargos públicos como: Deputado, Secretário de Planejamento no Governo Montoro, Ministro do Planejamento e Ministro da Saúde no Governo FHC, Prefeito da Capital do Estado de São Paulo e Governador do Estado de São Paulo.

Qual é a trajetória de sua oponente a nível político e pessoal?

É com muita tristeza que temos assistido desde o início do Governo Lula ao aparelhamento da “Máquina Administrativa”, a escândalos como o do mensalão “Valerioduto”, a invasão de privacidade do caseiro Francenildo Santos Costa, fabricação de dossiês e o pior, o Presidente Lula nunca sabe de nada.
Saímos de uma ditadura de direita para entrarmos em outra de que tipo? Para servir a quem?

Você sabia que o PT recusou-se a votar a Constituição de 1988 que assegura os direitos às mulheres, aos negros, aos jovens, e aos trabalhadores, inclusive do campo, dentre outros? E por absurdo que pareça votou contra o Plano Real que permitiu o combate à inflação?

Quem em sã consciência pode prever o que será de nosso País, se esses antecedentes voltarem à cena?

Votar em quem: em um candidato cuja história está ao nosso alcance ou em uma candidata fabricada por marqueteiros?

Pela Democracia, pela garantia do Estado de Direito, Vote consciente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário